Notícias
11h55

Sedentarismo é um dos principais inimigos da saúde da mulher

Compartilhe
Tamanho do Texto
Sedentarismo é um dos principais inimigos da saúde da mulher

O próximo 28 de maio marca a passagem do Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e, cada vez mais os médicos e especialistas da área de saúde vêm alertando para os riscos que o sedentarismo representa à saúde delas. Esse alerta visa conscientizá-las sobre a importância de se tornar e/ou se manter fisicamente ativa para se prevenir de uma série de doenças, a exemplo da hipertensão, diabetes, infarto do miocárdio, osteoporose e câncer. A prática de atividades também ajuda a combater a obesidade, ansiedade, depressão e a temida TPM! 

Ou seja, o exercício físico é uma arma poderosa que age tanto no corpo, quanto na mente das pessoas, garantindo uma melhor qualidade de vida, saúde e bem-estar, conforme explica o educador físico Jaddy Santtos, coordenador técnico da rede Hammer Fitness Club, unidade Stella Maris 1. Mas, embora as mulheres muitas vezes tenham conhecimento destes benefícios, 66,6% delas não se exercitam, segundo revelou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada no ano de 2017. 

A falta de tempo foi a principal justificativa das mulheres entrevistadas pelo órgão de pesquisa. Segundo elas o tempo dedicado ao trabalho, estudo, tarefas de casa e cuidados com a família as impedem de manter uma rotina de exercícios. Porém, embora bastante atarefadas, a maioria das mulheres possuem profissões sedentárias, passando a maior parte do tempo em um escritório, por isso, é tão importante que se exercitem diariamente como forma de “compensação” do tempo em que permanecem paradas em seus trabalhos, ressalta o médico Caio Meira. 

Segundo ele, o ato de se movimentar faz melhorar a circulação, a oxigenação, o consumo da energia produzida pelo alimento, a reciclagem de células e muitas outras coisas, dentre elas algumas que ainda não possuem motivo exato. “O fato é que os estudos realizados comparando população sedentária e em atividade regular, mostram que o grupo regularmente ativo apresenta menor índice de todas as doenças crônicas como já citadas acima, além de tantas outras como o Alzheimer e o Parkinson”, diz o especialista. 

Deixe seu comentário
#VocêNoSeuMelhor
Siga-nos
Parceiros:
Reconflex South NET Rádio Jovem Pan
A Hammer Fitness Club
2017 - 2019. Hammer Fitness Club. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital